Bahia, 19 de abril de 2021 às 03:43 - Escolha o idioma: pt Português

Feira de Santana ocupa a 225º colocação no ranking de vacinação na Bahia e Sesab culpa gestão municipal


Publicado em: 7 de abril de 2021


A informação é da Sesab em resposta às declarações do Prefeito de Feira de Santana.

Em resposta às declarações do Prefeito Colbert Martins Filho hoje no Acorda Cidade sobre o critério da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para realizar a distribuição de vacinas contra a covid-19 ,a secretaria estadual declarou por meio de nota que o gestor municipal dedica seu tempo a criticar o governo do estado e que é baixo o percentual de vacinas aplicadas no município, que atualmente ocupa a 225º colocação no ranking de vacinação dos 417 municípios baianos.

Leia a nota na íntegra:

Gestão municipal ineficiente faz com que Feira de Santana esteja na 225ª posição em vacinação na Bahia

É lamentável que o Prefeito Colbert Martins continue dedicando seu tempo a criticar o Governo do Estado, ao invés de cuidar da saúde do seu município. Considerando o baixo percentual aplicado (91,6%), Feira de Santana está em 225º colocação no ranking de vacinação dos 417 municípios baianos.

Foco inicial da pandemia da Covid-19 na Bahia, Feira de Santana já acumula mais de 35 mil contaminados, incluindo 616 óbitos. Numa série de decisões equivocadas sobre abrir e fechar o comércio, o prefeito hoje já não possui mais o controle da pandemia no seu município.

Prova da ausência de gestão na saúde é o fato de apesar de Feira de Santana ser o segundo município que mais recebeu doses de vacina no estado (76.499), ainda assim, não consegue vacinar a sua população no ritmo do resto do estado. Até ontem, apenas 70.075 pessoas haviam sido vacinadas em Feira (91,6%), restando ainda 6.424 doses sem serem aplicadas, deixando sua população exposta ao contágio pelo coronavírus.

Apenas a título de comparação, entre os 10 municípios que mais receberam doses, Feira perde para Lauro de Freitas (107,5%); Camaçari (106,9%), Alagoinhas (103,1%), Salvador (100,8%), Vitória da Conquista (99,1%), Jequié (98,3%) e Ilhéus (96,7%).

Acorda Cidade