Bahia, 18 de abril de 2021 às 17:14 - Escolha o idioma: pt Português

Intubado com Covid-19, ator Paulo Gustavo piora e precisa ser submetido a procedimento com pulmão artificial


Publicado em: 4 de abril de 2021


Intubado, desde o dia 21 de março, após complicações decorrentes da Covid-19, o ator Paulo Gustavo apresentou, na noite de sexta-feira (2), um novo agravamento do quadro clínico. De acordo com o jornal O Globo, ele precisou ser submetido a uma terapia de Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO).

Técnica de suporte de vida extracorporal, a ECMO costuma ser empregada em doentes com falência cardiovascular ou pulmonar. Através dela, uma bomba é usada para fazer o sangue circular por um pulmão artificial, instalado fora do organismo. Depois, o fluido regressa ao corpo do paciente.

O boletim médico divulgado pela assessoria do ator, que tem 42 anos, informou que Paulo Gustavo chegou a apresentar melhora, mas, em função do recente agravamento do quadro clínico, necessitou passar por reajustes terapêuticos. “Optamos pelo início da terapia coadjuvante com ECMO, com o objetivo de permitir uma melhor recuperação da função pulmonar. Após o agravamento ocorrido, a situação permanece estável, nas últimas horas”, diz o comunicado médico veiculado na noite de sábado.

Conforme o Globo, o humorista está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital na Zona Sul do Rio de Janeiro desde o dia 13 de março. Nas redes sociais, familiares do artista pedem orações por sua melhora.

Na sexta-feira, Júlio Marcos, pai do ator, falou que a luta do filho é dolorosa. “Nesse momento, em que todo o planeta está tão triste, precisamos alavancar e elevar nossa fé! Nosso amigo, Paulo Gustavo, está enfrentando uma árdua e dolorosa luta! Por isso, nesse domingo de Páscoa, abençoado, vamos unir nossa fé, com muita força e energia, às 18 horas, um horário muito forte num dia muito especial! Cada um com sua fé, religião, crença, mas, principalmente, muita energia!”, escreveu, no Instagram.