Bahia, 27 de setembro de 2021 às 12:20 - Escolha o idioma: pt Português

O impacto do agronegócio na economia


- Crédito da Foto: Revista Noite e Dia - Publicado em: 2 de setembro de 2021


A atual expansão do agronegócio tornou-se um verdadeiro estímulo à economia, quando seu lucro se propaga por todo o país, atingindo diretamente toda a cadeia produtiva. Decorrente de uma situação climática favorável nas últimas safras, câmbio valorizado e de commodites em alta, créditos com juros baixos, aliados a outros fatores, como o crescimento da agropecuária, o setor vive uma aceleração que acarreta na alta de investimentos.

Conforme dados, houve um aumento de 1,1% do abate de frangos comparado ao trimestre anterior, com a Bahia ocupando a posição de nono maior produtor do país. A respeito do abate de suínos e bovinos, houve uma redução em relação ao 4º semestre de 2020, contudo o estado segue como um dos maiores produtores do país, apresentando números muito significantes.

Esse ritmo frenético de crescimento vem influenciando cooperativas, produtores rurais e cadeias de processamento a investir no setor que, segundo dados da assessoria econômica do Bradesco representou um aumento de 20% das propostas de clientes em busca de recursos para investimentos. No mais, foram anunciados 27 novos empreendimentos voltados para a cadeia de processamento de carnes e grãos, que juntos somam em mais de R$ 7 bilhões de reais.

A alta dos investimentos representa uma vantagem ao agronegócio, tendo em vista que os recursos são aplicados em toda a sua cadeia, atingindo todos que a integram, ao passo que promove expansão das plantações, construção de fábricas de processamento, aquisição de melhores equipamentos, manejo mais adequado da logística, dentre outros. Para além dos benefícios neste setor, a aceleração do agro ocasiona um aumento do PIB do país, cooperando, através desse indicador de produção, para o avanço da economia do país.

Sandra Mascarenhas

Empreendedora Mundo Veterinário

Feira de Santana-Bahia