Bahia, 1 de agosto de 2021 às 14:12 - Escolha o idioma: pt Português

Rádios param de tocar músicas de DJ Ivis e plataforma de streaming estuda remoção


Publicado em: 13 de julho de 2021


Rádios do Ceará removeram os sucessos do DJ Ivis da programação após o caso de agressão contra a esposa, Pamella Holada, se tornar público (leia aqui).

Por meio de nota, a FM 93, do Sistema Verdes Mares de Comunicação, afiliado do Grupo Globo no Ceará, repudiou a agressão e anunciou a remoção das músicas.

“Desta forma, em virtude da agressão cometida pelo DJ Ivis contra a esposa Pamella Holanda, nós não iremos mais reproduzir nenhuma música dele em nossa programação. Esperamos que justiça seja feita por esta mulher, a filha dela e por todas as que sofrem violência doméstica”.

As rádios do Grupo Cidade de Comunicação, como Rádio Cidade, Jovem Pan Fortaleza e FM 89, a rádio FM 91.1, da cidade de Tauá, do Sistema Sinal de Comunicação, e a Plus FM, Grupo Cearasat de Comunicação, também aderiram a movimentação.

O boicote ao artista atingiu outro patamar, e as canções de Ivis podem sair também das plataformas de streaming. O Deezer anunciou que estuda uma forma para barrar o conteúdo do artista, após usuários de serviços musicais começarem a bloquear as canções do paraibano.

“Meu papo é reto: não há justificativa quando o assunto é violência contra a mulher. Não compactuo com essa conduta inadmissível. Sei que as devidas medidas estão sendo tomadas, e logo eu volto aqui para reforçar o meu posicionamento”.

No Spotify, a recomendação dada por internautas é de silenciar o artista. A função impede que músicas dele sejam reproduzidas pela conta.

Os cantores Xand Avião e Zé Felipe restringiram os clipes com a participação de Ivis no YouTube (veja aqui) e o filho de Leonardo estuda lançar uma nova versão de seu último single, Galega, sem o paraibano .

Bahia Notícias